Geral

Defesa Civil emite alerta de granizo para cidades da região

O aviso cita as cidades de Treviso, Urussanga, Pedras Grandes e Bom Jardim da Serra

Foto: Adriano Ghellere/Sul In Foco

A Defesa Civil Estadual emitiu um alerta na tarde desta quinta-feira (28), por volta de 14h50min , indicando possibilidade de ocorrência de chuva com granizo em algumas cidades do Sul. Na publicação no Facebook, o órgão cita as cidades de Treviso, Urussanga, Pedras Grandes e Bom Jardim da Serra.

Alguns minutos depois, houve outro comunicado citadando a possibilidade de temporais isolados, pelas próximas duas horas, em algumas cidades do Sul do Estado.

Enquanto isso, a previsão indica mudança no tempo, ficando nublado e com possibilidades de pancadas de chuva ao longo desta sexta e madrugada de sábado (30), com indicou o meteorologista da Epagri de Urussanga, Marcio Sônego pela manhã na Rádio Som Maior.

O tempo segue com temperaturas amenas, não passando dos 27 graus no domingo (01), sendo que a melhora com aparição do sol acontece já na tarde de sábado (31), se estendendo até segunda (02).

Em caso de emergências, a Defesa Civil orienta ligar para os números de telefones 199 (Defesa Civil) ou 193 (Corpo de Bombeiros).

 

Notícias Relacionadas

PRF prende quadrilha especializada em furto de roupas em shopping centers na região de Tubarão

Os suspeitos confessaram que furtaram as roupas de lojas da região no final de semana e estavam indo vender as roupas em Tubarão.

Epagri Ciram alerta para frio intenso em SC de quarta-feira a sábado

Todos as áreas do estado serão afetadas, sobretudo as áreas altas.

Cidasc alerta que comércio ambulante de mudas em Santa Catarina é proibido e deve ser denunciado

Essa proibição tem como objetivos, evitar a introdução de novas pragas no estado, bem como garantir a idoneidade das mesmas, contribuindo para o aumento da produtividade e da competitividade do setor agrícola catarinense.

Tribunal de Justiça alerta para golpe de precatórios que registra 20 vítimas no Estado somente em 2020

Com os dados dos credores, uma quadrilha liga ou manda mensagem pelo aplicativo WhatsApp apresentando-se como funcionário do advogado da vítima, servidor do TJSC ou especialista que promete antecipar o pagamento mediante um depósito pelo serviço.