Esporte

Escola Ângelo De Luca bate próprio recorde em campeonato de cubo mágico em Criciúma

O palco do Parque dos Imigrantes, no Rio Maina, foi ocupado por aproximadamente 60 alunos da rede municipal de Educação de Criciúma, neste sábado dia (24). O cubo mágico foi a atração que encantou o público.

Divulgação

O palco do Parque dos Imigrantes, no Rio Maina, foi ocupado por aproximadamente 60 alunos da rede municipal de Educação de Criciúma, neste sábado dia (24). O cubo mágico foi a atração que encantou o público. Participaram do evento três equipes dos anos iniciais e oito dos anos finais do Ensino Fundamental que resolveram 12 ou 20 cubos tradicionais conforme a categoria em que foram inscritos.

A equipe de cubo mágico dos anos finais da Escola Ângelo De Luca conquistou a medalha de ouro batendo o próprio recorde. Os quatro competidores resolveram 20 cubos em um minuto e 32 segundos. “Eles baixaram a média de 19,8 segundos para 18,6 segundos. Percebemos que a cada ano nossos alunos evoluem, ficam mais competitivos. Comparando resultados, percebemos que quase todas as escolas bateram o próprio recorde ou que equipes novas chegaram com desempenho superior aos conquistados em anos anteriores”, explicou Bruno César Garcia, membro da comissão organizadora dos campeonatos.

Divulgação

Nos anos iniciais, a Escola Luiz Lazzarin obteve o melhor tempo que foi de quatro minutos e 13 segundos. Apesar do destaque no desempenho, ficou com a medalha de prata porque a pontuação final considera também as notas dos alunos. O primeiro lugar foi ocupado pela Escola Serafina Milioli Pescador com um tempo de quatro minutos e 28 segundos.

A Secretaria de Educação presenteou os melhores colocados com cubos mágicos e quebra-cabeças tridimensionais e todos ganharam uma camiseta do projeto. Também serviu um lanche com caldo de cana no restaurante da atafona. “Queremos incentivar nossos alunos a participarem de projetos como este que incentivam a raciocinar, aceitar desafios e superar limites. Agradecemos aos diretores, professores, pais e aos nossos alunos que contribuíram para a realização deste campeonato”, comentou a secretaria de educação, Roseli De Luca Pizzolo.

Divulgação

A escola Cristo Rei, de Cocal do Sul, colaborou enviando uma equipe de embaralhamento. As alunas Maria Eduarda Pires, Tayná da Silva da Rosa, Yará da Silva da Rosa e Lucas Silveira Marcelino embaralharam os cubos mágicos aplicando algoritmos utilizados em campeonatos oficiais para garantir que os competidores resolvessem as mesmas configurações.

Classificação

Anos Iniciais

1º Lugar: EMEIEF Serafina Milioli Pescador (4 minutos e 28 segundos)

2º Lugar: EMEIEF Luiz Lazzarin (4 minutos e 13 segundos)

3º Lugar: EMEF Padre José Francisco Bertero (4 minutos e 56 segundos)

Anos Finais

1º Lugar: EMEF Ângelo De Luca (1 minuto e 32 segundos)

2º Lugar: EMEF Professora Lili Coelho (2 minutos e 24 segundos)

3º Lugar: EMEF Jorge da Cunha Carneiro (2 minutos e 51 segundos)

Desempenho das demais equipes dos Anos Finais

4º Lugar: Hercílio Amante Equipe 1 (3 minutos e 29 segundos)

5º Lugar: Hercílio Amante Equipe 2 (4 minutos e 18 segundos)

6º Lugar: EMEIEF Serafina Milioli Pescador (4 minutos e 58 segundos)

7º Lugar: EMEF Padre José Francisco Bertero (5 minutos e 15 segundos)

8º Lugar: EMEF Judite Duarte de Oliveira (5 minutos e 30 segundos)

Divulgação

Notícias Relacionadas

Quatro adolescentes criam startup para fiscalizar os poderes de Criciúma

O objetivo dos jovens é reunir informações dos poderes Legislativo e Executivo do município de Criciúma em uma plataforma mais acessível.

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Tribunal de Justiça catarinense confirma pena para empresário que vendeu pipoca com rato dentro em Criciúma

Uma das vítimas, após ingerir a pipoca, teve intoxicação alimentar aguda causada por alimento contaminado.

Mais de 5,7 mil crianças comparecem na 1ª etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em Criciúma

Número superou a expectativa da Secretaria Municipal de Saúde. Segunda etapa inicia dia 18 de novembro, com foco em adultos de 20 a 29 anos