Geral

Estado libera recursos para pavimentação da última etapa de acesso à Barragem do Rio São Bento, em Siderópolis

Para o prefeito Cesa, foram muitos anos de espera por essas duas obras no município.

Eduardo Scussel/Prefeitura de Siderópolis

O Governo do Estado autorizou na noite desta quarta-feira (24), a liberação de R$ 5,3 milhões para obras de pavimentação das ruas de acesso ao mirante e à Barragem do Rio São Bento. Os convênios foram assinados no Salão de Festas da Igreja de São Pedro pelo chefe da Casa Civil, Douglas Borba, pela presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos, e pelo prefeito Hélio Cesa, o Alemão.

Mais de 300 pessoas, especialmente os moradores das comunidades de Rio Jordão e de São Pedro, participaram do evento. “Fico muito feliz por saber que essas obras de infraestrutura vão beneficiar a economia da cidade e desenvolver aquilo que ela tem por aptidão, que é o turismo”, afirmou Borba.

Os convênios com o Governo do Estado abrangem 3,2 quilômetros da Rodovia Municipal SID 159, que leva à barragem, num custo de R$ 4,1 milhões, além de 1,1 quilômetro da Rua Paulino Cizeski (trecho SID 159 ao Mirante da Barragem), com investimento de R$ 1,2 milhão. A Barragem do Rio São Bento é o principal atrativo turístico de Siderópolis e maior reservatório de água do Sul de Santa Catarina, abastecendo sete cidades da região.

Com mais essa fase da pavimentação da SID 159, todo o trecho de Siderópolis até a barragem terá asfalto. Para o prefeito Cesa, foram muitos anos de espera por essas duas obras no município. “Parece que isso é uma simples assinatura no papel, mas, na realidade, representa uma trajetória, é a realização de um sonho, um momento de glória e, acima de tudo, de muita alegria. Lutamos e conseguimos conquistar junto ao governador Carlos Moisés e ao Governo do Estado”, salientou o prefeito.

O prefeito de Nova Veneza, cidade vizinha de Siderópolis, ressaltou que a pavimentação trará benefícios ao seu município, que integra a rota turística da região e também serve de passagem para os visitantes da barragem. “Não é só Siderópolis que ganha. São obras importantes para o desenvolvimento dos dois municípios, fechando um anel entre as cidades”, disse Rogério Frigo.

Também estavam presentes vereadores de Siderópolis e Nova Veneza, assim como lideranças locais, secretários e gestores municipais.

Parceria com a Casan

A Casan e a Prefeitura de Siderópolis renovaram, em junho, o contrato para continuação dos serviços no município. A presidente Roberta Maas dos Anjos agradeceu o apoio e a confiança neste novo momento em que vive a companhia. “Agora temos uma gestão totalmente técnica na Casan, feita por funcionário de carreira. Já assinamos o contrato para manutenção dos serviços de abastecimento e hoje estamos aqui para outro fim. Esse convênios poderiam ser só uma assinatura de gabinete, mas para a gente é essencial estarmos aqui, perto da população”, disse.

Eduardo Scussel/Prefeitura de Siderópolis

Notícias Relacionadas

Estado garantirá tratamento anual de R$ 2,7 milhões a criança de Laguna com AME, decide TJ

De acordo com os autos, a perícia médica comprovou que a criança, natural de Laguna, precisa do remédio e que inexiste, na rede pública de saúde, tratamento para a doença.

Em Laguna, governador autoriza emissário terrestre para a praia do Mar Grosso e libera recursos para hospital

A projeção da Casan é que o empreendimento fique pronto em janeiro de 2020. O emissário é uma rede de 2.718 metros de extensão e diâmetro de 315 milímetros, com tubos de polietileno.

Centro de Convivência: Siderópolis terá novo espaço para receber crianças, jovens, adultos e idosos

O local receberá grupos que integram o serviço de convivência, que totalizam 326 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos.

Justiça confirma resultado de licitação que gerou economia de R$ 12 milhões pela Saúde do Estado

A licitação foi realizada pela Secretaria da Saúde para fornecimento de ventilação domiciliar e tratamento de oxigenoterapia a pacientes catarinenses.