Poder Executivo

Governo de Lauro Müller investe no fortalecimento de projetos sociais desenvolvidos pelo CRAS

Fotos: Divulgação / Comunicação Governo do Município de Lauro Müller

Com o objetivo de promover novas oportunidades e incentivar os trabalhos sociais realizados em Lauro Müller, o Governo do Município está investindo no desenvolvimento de atividades direcionadas à integração de crianças e adolescentes, por meio do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS.

Nesta última semana, a grande novidade foi a aquisição de 20 novos violões para a realização da Oficina de Violão, que acontece todas as sextas-feiras e envolve aproximadamente 30 alunos, entre crianças, jovens e idosos.

Na última sexta-feira (20) o CRAS ofertou um dia de várias atividades para os alunos, entre aulas de violão, conduzidas pelo músico e professor Mateus Stevan, palestra com o SINE informando sobre o passo a passo de como fazer a carteira de trabalho, e para encerrar, no fim da tarde, foi oferecido ao grupo um rodízio de pizzas.

“Ações como essas fortalecem o trabalho da equipe do CRAS e propiciam que os participantes tenham novas oportunidades. Além de estarem recebendo ensinamentos e lições para a vida, estão sendo preparados para melhor conviver na sociedade, valorizando sempre o vínculos familiares e comunitários”, registrou a coordenadora do CRAS, Nivalda Fontanela Silvestre.

Colaboração: Comunicação Governo do Município de Lauro Müller

  • 1
  • 2
  • 4
  • 6
  • 7
  • 8
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19

Notícias Relacionadas

Projeto Educanvisa promove saúde em escolas da rede municipal de Lauro Müller

2ª edição da Feira do Livro é aberta em Lauro Müller

O evento seguirá até o sábado (10) nas dependências do Salão de Festas da Igreja Matriz.

Idosos integrantes do Projeto Vovolei recebem novas camisetas em Lauro Müller

Centro de Informações para Auxílio Emergencial passa a funcionar no Cras, em Lauro Müller

Definido pelo Governo Federal, o Auxílio Emergencial será renda mínima aos brasileiros em situação mais vulnerável durante a pandemia da Covid-19