Segurança

Homem é preso suspeito de torturar mulher com taco de beisebol e facão em SC

Homem mantinha a vítima trancada em casa e chegou a cortar os cabelos da vítima para "demonstrar poder"

Foto: Polícia Civil

Um homem foi preso preventivamente em Araranguá, no Sul de Santa Catarina, neste sábado (22), acusado de violência doméstica.

Segundo a investigação o suspeito responde por três inquéritos policiais. Duas mulheres teriam sofrido agressões corporais dele, além de ameaça psicológica, injúrias, cárcere privado e coação no curso do processo.

O primeiro crime aconteceu em janeiro de 2021. Inicialmente a vítima não confirmou os acontecimentos por coações do investigado, mas após conseguir fugir do agressor prestou depoimento sobre as torturas.

Cerca de um mês após o episódio, o homem começou um novo relacionamento com sua segunda vítima. Por ciúmes, ele teria a torturado com um taco de beisebol e um facão.

Ele mantinha a mulher trancada em casa e chegou a cortar os cabelos da vítima para “demonstrar poder”, segundo a polícia.

O investigado é suspeito ainda de usar uma arma de fogo em algumas oportunidades em que ameaçou uma das vítimas.

A Polícia Civil então, por meio da delegada titular da Dpcmai (Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso) de Araranguá, representou pela prisão e pela busca na residência. As medidas foram deferidas pelo Judiciário.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Condutor é preso após tentar atropelar um policial federal rodoviário na BR-101, em Biguaçu

O homem de 24 anos estava com um com um veículo roubado. A ocorrência foi registrada na manhã do último sábado (13).

Polícia Civil indicia e prende homem suspeito de realizar dois roubos armados em Criciúma

Os crimes investigados ocorreram no fim de janeiro deste ano, ambos no bairro Jardim Maristela

Homem fica preso nas ferragens após acidente com dois veículos na SC-108, em Criciúma

A colisão ocorreu entre dois veículos no Bairro São Simão por volta das 15h20 desta quarta-feira (11)

TRF4 manda afastar do cargo prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, preso na Operação Chabu

Determinação é que fique 30 dias fora das funções e não faça contato com demais suspeitos de envolvimento na operação. PF investiga a violação de sigilo de operações policiais