Geral

Justiça determina a demolição de casas construídas em área invadida em Imbituba

Foto: Divulgação

Uma operação realizou, na manhã desta quarta-feira (15), a demolição de duas casas construídas de forma irregular no bairro Divineia, em Imbituba. A ação, determinada por uma ordem judicial, contou com a presença de um oficial de Justiça, da Polícia Militar e da secretária de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Camila Fermino.

“Em nível de assistência e habitação, nós fomos até o local para garantir que essas pessoas tivessem algum lugar para se abrigar. Nós estamos intermediando para elas sejam relocadas em casas de parentes, já que o auxílio aluguel só comporta o pagamento para quem tem a residência interditada pela Defesa Civil. O que não se enquadra no caso em questão. Mas nós estamos buscando cadastrar a família em programas do nosso município, seja na assistência social ou habitação”, informou a secretária Camila.

A ordem judicial expedida pela Comarca de Imbituba determinou a demolição de dois imóveis próximos ao campo de futebol da comunidade. Mas, antes da operação, os moradores foram orientados a retirar os seus móveis e pertences pessoais do local.

Logo depois da retirada, as máquinas da prefeitura demoliram as construções irregulares e fizeram a limpeza do terreno. Duas mulheres, uma delas responsável por uma das casas demolidas, foram detidas por desacato a autoridade.

De acordo com a Procuradoria Geral do Município – PGM, essa é uma ação de 2013. Na área, que hoje pertence ao Governo do Estado, os moradores construíram as residências sem alvará ou qualquer documento que autorizasse a obra. Por conta disso, a justiça determinou a demolição. A prefeitura prestou o apoio à operação, cedendo o maquinário para a limpeza da área.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Imbituba

Notícias Relacionadas

Com investimento de R$ 3,9 milhões, Estado entrega unidades de assistência social em Armazém, Rio do Oeste, Lontras e Florianópolis

Cada uma das unidades conta com sala de atendimento familiar, administração, recepção, cozinha, banheiro, área de serviço, sala multiuso, área externa coberta e mobília.

Colisão frontal deixa dois em estado grave na SC-108, entre Orleans e Urussanga

Um dos motoristas ficou preso às ferragens e teve o carro cortado para ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Coronavírus em SC: Polícia Militar chega a 50 mil fiscalizações no trabalho de combate à Covid-19

Até esta segunda-feira (25), foram registradas 50.472 ocorrências, nas quais foram realizadas 893 notificações

Empresa tem malote levado por assaltante em Sangão

A funcionária disse à polícia que foi abordada pelo homem quando chegava no estabelecimento com um furgão.