Norte

Lei proíbe a distribuição de canudos plásticos por comércios em São Francisco do Sul

Multa por desrespeitar medida em estabelecimentos comerciais pode chegar a R$ 6 mil.

Foto: Divulgação

Estabelecimentos comerciais de São Francisco do Sul, no Norte catarinense, não podem distribuir canudinhos plásticos. A lei entrou em vigor na terça-feira (1º) e prevê multa de até R$ 6 mil para os comerciantes que desrespeitarem a medida.

A lei nº 2077/18 foi sancionada em 1º de outubro de 2018, com data prevista de início de aplicação em 2019. De acordo com a prefeitura, são aceitos apenas canudos de papel biodegradável ou recicláveis individuais.

A prefeitura informou que fará fiscalização por meio da Vigilância Sanitária, Secretaria de Meio Ambiente e Fiscalização de Obras e Posturas. Ainda em 2018, a Secretaria de Meio Ambiente esteve nos estabelecimentos para explicar as alterações da lei.

Serão fiscalizados restaurantes, bares, lanchonetes, barracas de praia, ambulantes e locais similares. A primeira multa é de R$ 3 mil, caso haja reincidência, a taxa será de R$ 6 mil.

De acordo com a prefeitura, moradores e turistas também podem denunciar a situação a partir de dia 7 de janeiro. Os canais são o e-mail [email protected] e telefone 3471-2294.

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

Lei que proíbe utilização de fogos de artifício e artefatos é promulgada em Criciúma

O projeto foi desenvolvido pensando, principalmente, no dano humano causado com os fortes barulhos.

Regulamentada lei de segurança em piscinas catarinenses

De autoria do deputado estadual licenciado Valmir Comin (PP), a medida exige a instalação de dispositivos de segurança.

Delegacia virtual de proteção animal é lei em Santa Catarina

A polícia tem prazo de dez dias a partir do Boletim de Ocorrência para que a Secretaria de Segurança Pública indique uma delegacia para a investigação.

Deputado sugere proibição de radares em rodovias estaduais

Deputado Valdir Cobalchini propõe banir das SCs os radares móveis, estáticos e fixos.