Geral

Mais de 40 escrituras são entregues à famílias de nove bairros de Criciúma

Segurança de lares foi assegurada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação no Salão Ouro Negro, no Paço Municipal Marcos Rovaris.

Divulgação

Investimento em imóveis, financiamento para construções, ampliação e um legado para os familiares. O que antes não era possível, agora foi concretizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação. Ao total, 46 escrituras foram entregues na noite desta sexta-feira (28), no Salão Ouro Negro, no Paço Municipal Marcos Rovaris, contemplando nove regiões da cidade.

“Hoje é uma noite muito especial, estamos entregando o que parece apenas um pedaço de papel, mas tem um significado extraordinário. A gente sabe que não é fácil, mas quando se tem vontade as coisas acontecem”, destacou o prefeito Clésio Salvaro, parabenizando a todos pela luta e conquista da garantia de se ter um lar.

Dos 46 documentos entregues, 26 foram pelo programa Regularização Fundiária Urbana (Reurb) e outros 20 via Minha Terra, Meu Chão. “Sabemos que é um processo burocrático e demorado, mas agora os moradores voltam a ter dignidade e a garantia de que ninguém irá tirá-los de seus terrenos”, ressaltou o secretário de Assistência Social e Habitação de Criciúma, Paulo César Bitencourt.

Colaboração: Comunicação DECOM

Notícias Relacionadas

Governo de Criciúma anuncia obras de pavimentação asfáltica em ruas dos bairros Recanto Verde, Fábio Silva e Anita Garibaldi

Ordem de serviço que autoriza o início dos trabalhos orçados em mais de R$ 4 milhões foi assinada nesta quinta-feira (27)

Mascotes da Festa do Agricultor de Lauro Müller fazem visitas a bairros e divulgam evento

Encontro com moradores acontece uma semana antes do início do evento e pessoas interagem com personagens, conhecendo atrações e programação da festa.

Creas de Criciúma garante direitos e trabalha função protetiva das famílias

Por mês, quase 200 casos são atendidos. Unidade fica localizada na rua São José, na antiga prefeitura

Inflação para famílias de renda mais baixa fica em 0,50% em julho

A taxa ficou acima do 0,33% de junho, diz FGV