Segurança

Mulher sequestrada pelo marido é salva por bombeiros na BR-101, em Capivari de Baixo

Foto: Divulgação

Uma mulher foi salva por bombeiros após ser sequestrada pelo marido na manhã desta quarta-feira (25), em Laguna. Com uma faca no pescoço, a vítima seguia em um táxi junto com o agressor como passageiros até a cidade de Tubarão, quando o veículo em que estavam, foi interceptado por policiais na BR-101, em Capivari de Baixo.

A abordagem aconteceu por volta das 8 horas, próximo ao viaduto de acesso à Capivari e a rodovia ficou bloqueada nos dois sentidos. A ação de negociação e resgate foi realizada em conjunto entre Polícia Militar e Rodoviária Federal.

Conforme o Sargento Almir da Polícia Militar, ainda dentro do táxi, já parado, os policiais iniciaram a negociação com o marido da vítima por aproximadamente 20 minutos. Em um momento de distração, o agressor foi imobilizado por três bombeiros de Capivari de Baixo. A mulher já estava com um ferimento no rosto em função da faca. Ele foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

Já o trânsito na rodovia, foi liberado em seguida. Conforme o policial Massuquetto da PRF Tubarão, houve formação de fila de dois quilômetros no sentido Sul. Não houve acidentes.

Veja vídeo

Notícias Relacionadas

Estado garantirá tratamento anual de R$ 2,7 milhões a criança de Laguna com AME, decide TJ

De acordo com os autos, a perícia médica comprovou que a criança, natural de Laguna, precisa do remédio e que inexiste, na rede pública de saúde, tratamento para a doença.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Em Laguna, governador autoriza emissário terrestre para a praia do Mar Grosso e libera recursos para hospital

A projeção da Casan é que o empreendimento fique pronto em janeiro de 2020. O emissário é uma rede de 2.718 metros de extensão e diâmetro de 315 milímetros, com tubos de polietileno.

Estado e município de Laguna indenizarão homem que ficou cego por demora em cirurgia​

Um homem de 60 anos perdeu sua visão e será indenizado em R$ 150 mil pelo Estado e pelo município de Laguna.