Segurança

Naufrágio em Laguna: condutor de lancha é indiciado pela morte de vereador e dois ocupantes

Investigação concluiu que o condutor da embarcação agiu de maneira imprudente e causou o homicídio culposo de três amigos

Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Santa Catarina concluiu o inquérito que investigava o naufrágio de uma lancha, ocorrido no canal da barra, em Laguna, no Sul catarinense, em 14 de janeiro deste ano. Na época, três pessoas morreram, entre elas, o vereador em Caçador Ricardo de Moraes Barbosa, de 48 anos, e seu filho de 26 anos.

Segundo as investigações, na tarde daquele dia, um homem de 34 anos, natural de Tubarão, conduzia a lancha pelo canal de acesso ao porto da cidade com mais seis ocupantes. Em certo momento, apesar das condições náuticas e meteorológicas adversas, o condutor teria optado por sair com a embarcação ao mar aberto.

Durante a saída do canal, conforme a polícia, ele adotou manobra equivocada com a lancha e foi surpreendido por uma série de ondas, as quais atingiram a embarcação e ocasionaram seu naufrágio. O condutor e mais três dos ocupantes foram resgatados com vida.

Porém, outros dois ocupantes, o vereador Ricardo e amigo Deyvid Fernandes foram a óbito ainda no local. Já o filho do parlamentar, o personal Michel Ricardo de Moraes Barbosa, ficou desaparecido por 20 dias. O seu corpo só foi encontrado em 3 de fevereiro boiando em alto mar, na altura de Passo de Torres, no Extremo-Sul catarinense.

A investigação ainda indicou que o condutor da lancha agiu de maneira imprudente e causou o homicídio culposo de três amigos. Assim, ao final do inquérito policial, o homem foi indiciado pela prática de homicídios culposos em concurso formal. O procedimento policial foi encaminhado ao Poder Judiciário e aguarda manifestação do Ministério Público.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Barco de pesca desaparece no mar, próximo ao litoral de Imbituba

O fato foi comunicado por amigos do pescador na manhã desta segunda-feira (29). Embarcações da Marinha do Brasil, botes do Corpo de Bombeiros de Laguna, Imbituba e o helicóptero da Polícia Militar de Criciúma atuam nas buscas.

Barco pesqueiro bate em pedras e encalha em Garopaba

Os 18 tripulantes foram socorridos quando perceberam a embarcação afundar.

Um ano após naufrágio em Imbituba, cinco pessoas continuam desaparecidas

Dois pescadores morrem em naufrágio no Litoral Norte de SC

Uma terceira vítima conseguiu nadar até a praia e foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros