Segurança

Operação corta ligação clandestina de água que servia mais de 80 unidades em Criciúma

Durante as diligências, outros 30 "gatos" de energia foram identificados pela Polícia Militar e pela Celesc; Casan também atuou nos trabalhos

Foto: Divulgação/PM/ND

Uma operação identificou ligações clandestinas de energia e de água no bairro Renascer, em Criciúma, na segunda-feira (22). A Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) e a Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina) acionaram a PM (Polícia Militar) para auxiliar durante as diligências.

Quer receber as principais notícias da região? Clique aqui e entre no nosso grupo de WhatsApp e fique atualizado de forma rápida e confiável 

Suspeitos foram qualificados pelo crime

Segundo a guarnição, os “gatos” de energia e água atendiam várias residências da localidade. Por isso, a Polícia Militar registrou um Boletim de Comunicação Policial. Os suspeitos foram qualificados pela prática do ilícito.

Ligações clandestinas foram cortadas pela Casan e pela Celesc

Na operação, 30 ligações clandestinas de energia e mais uma de água que servia uma rede com mais de 80 unidades consumidoras foram identificadas. Os funcionários da Casan e da Celesc cortaram o abastecimento irregular.

Se mantenha informado em tempo real! Clique aqui e siga o Sul in Foco no Instagram. Informações e notícias sobre a região na palma da sua mão!

A PM não informou quantas pessoas foram responsabilizadas.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Em cinco horas, PMRv recolhe 13 carteiras de motoristas e prende um por embriaguez ao volante em Laguna

O montante é preocupante segundo os policiais, já que foram somente 32 abordagens neste período. Motoristas pagarão multa de aproximadamente R$ 3 mil e ficarão sem a CNH por 12 meses.

Proprietário de lavação é preso por tráfico de drogas em Orleans

Na delegacia, o acusado confirmou que entregou 15 gramas de crack para o usuário em troca de um Fiat Uno com problemas mecânicos.

Polícia Civil de Lauro Müller realiza operação e prende três pessoas por roubo

A Operação foi comandada pela delegada Jucinês Ferreira nesta quarta-feira (16)

Polícia Militar aborda 70 pessoas durante Operação Praia do Gi, em Laguna

A ação tinha por objetivo reprimir aglomerações, uso de drogas e crime de perturbação ao sossego.