Geral

Pescadores fecham a ponte do Camacho, em Jaguaruna, por duas horas

Foto: Flávio Alves/DS

Um grande número de pescadores se reuniu, na manhã dessa terça-feira (8), em manifesto. Eles bloquearam a ponte do Camacho, em Jaguaruna, por cerca de duas horas. A reivindicação é quanto ao desassoreamento da barra.

Segundo informações, os pescadores são moradores da região da Cigana e Farol de Santa Marta, em Laguna, e Camacho, em Jaguaruna. A categoria estava liderada pela União das Associações de Pescadores da Ilha – Uapi.

A ponte do Camacho foi bloqueada às 10h de ontem, nos dois sentidos. Com faixas e cartazes, os pescadores pediam uma solução para o canal da barra. Somente veículos com pessoas doentes eram liberados para passar na travessia. Houve formação de filas em ambos os sentidos da rodovia.

Durante a manifestação, os pescadores solicitaram a presença do prefeito Edenilson Montine da Costa. No entanto, ele afirmou que não iria ao local e indicou que a categoria formasse uma comissão para ir à prefeitura. Ele se colocou à disposição para atendê-los.

Segundo a moradora Maria Regina Meura, a reivindicação é para que o prefeito de Jaguaruna informe uma data para a abertura de licitação do desassoreamento da barra, o que, segundo ela, é um descaso com os pescadores e moradores da região.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Estacionamento e obra parada são alvos de protesto em Laguna

Botos símbolo de Laguna correm risco de extinção

Ciclistas organizam mobilização a favor de acostamentos nas SCs-441 e 100

Terminal Pesqueiro de Laguna: recurso de R$ 1,5 milhão é anunciado para obras da fábrica de gelo