Esporte

Tigre vence o Coritiba de virada no majestoso

Os gols carvoeiros foram marcados por Léo Gamalho, aos 33 minutos do segundo tempo, e Liel, nos acréscimos.

Divulgação

O Criciúma reiniciou a caminhada do Campeonato Brasileiro da Série B com vitória na noite desta terça-feira (09/07) no estádio Heriberto Hülse. Jogando pela 9ª rodada da competição nacional, o Tigre venceu o Coritiba de virada por 2 a 1. Os gols carvoeiros foram marcados por Léo Gamalho, aos 33 minutos do segundo tempo, e Liel, nos acréscimos.

Com a vitória, a equipe comandada pelo técnico Gilson Kleina soma 12 pontos na tabela de classificação. O próximo compromisso do Tigre será contra o Vitória no dia 19 de julho. A partida ocorre às 21h30min no estádio do Barradão, em Salvador.

No primeiro tempo o Tigre buscou as chances de gol nas bolas aéreas. Aos 17 minutos, Reis achou Vinicius na área, que cabeceou muito perto da meta do Coxa. Na sequência, Marlon cruzou para Reis, que mergulhou de cabeça, mas a bola acabou indo para fora. Em cobrança de falta, Marlon surpreendeu chutando forte por baixo e obrigando o goleiro a espalmar para escanteio.

O Coritiba abriu o marcador no início do segundo tempo em um chute que desviou na zaga e dificultou a defesa do goleiro Luiz. O Criciúma seguiu no ataque e conseguiu o empate aos 33 minutos com Léo Gamalho. O atacante carvoeiro chutou rasteiro depois do passe de Julimar, que havia entrado no lugar de Vinicius. Já nos acréscimos, após cobrança de falta pela direita, Liel subiu alto e de cabeça virou para o Tigre.

Com informações do site Criciúma Sport Clube

Notícias Relacionadas

Argel deixa o Tigre com 40% de aproveitamento

Passagem é a pior entre as três que o treinador teve pelo Tricolor Carvoeiro.

Criciúma vence o Hercílio Luz de virada

Os gols da vitória carvoeira foram marcados por Reis e Daniel Costa, em dois pênaltis.

Tigre empata em casa e decepciona torcedores

Criciúma ficou no 0 a 0 com o Juventude na estreia do técnico Mazola Júnior. Equipe afunda na zona de rebaixamento e soma apenas um ponto na competição.

Beto Campos, ex-técnico do Criciúma, morre aos 54 anos