Segurança

Tio agride sobrinha com socos em Braço do Norte

Homem foi preso logo após pelos policiais militares em um bar

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (5), um homem de 36 anos agrediu a sobrinha dentro de casa no Bairro Floresta, em Braço do Norte. A vítima de 18 anos foi agredida com socos no rosto.

A vítima relatou que estava no quarto quando seu tio, que mora na mesma casa, entrou e começou a lhe xingar com várias palavras de baixo calão. O tio ainda pegou o carregador de celular e foi para o porão. A jovem foi atrás e pegou o carregador que estava em cima da mesa. Neste momento seu tio começou a lhe agredir com socos na cabeça e na face e só parou quando o irmão da vítima empurrou o agressor.

O irmão e o tio se agrediram e a jovem se trancou no quarto até a chegada da Polícia Militar. Os policiais fizeram rondas para localizar o tio, que não estava mais na casa. O homem foi encontrado em um bar próximo a casa e foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Braço do Norte.

Notícias Relacionadas

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Clínicas e laboratórios particulares de Braço do Norte terão que informar a Prefeitura sobre exames para Covid-19 realizados

O Decreto 026/2020, assinado pelo prefeito, Beto Kuerten Marcelino, na noite deste domingo (12), visa garantir a transparência sobre os dados da doença no Município.

Interessados em oferecer serviços de transportes com plataformas digitais têm 30 dias para se regularizar em Braço do Norte

Após 30 dias, aqueles que estiverem exercendo o transporte remunerado de passageiros e não estiverem regularizados estarão sujeitos às medidas estabelecidas na Lei Complementar 487/2019.

Braço do Norte unifica as medidas para combate ao Covid-19, seguindo na íntegra as determinações do Governo Estadual

A iniciativa visa facilitar a vida dos cidadãos braçonortenses, uma vez que estavam vigentes no Município medidas mais restritivas em comparação com as editadas pelo Governo do Estado.