Saúde

Unidades de Saúde do interior de Orleans serão fechadas temporariamente

Postos de saúde do interior de Orleans serão fechados temporariamente

Foto: Edivaldo Lubavem

Por determinação da Administração Municipal de Orleans, a Secretaria de Saúde manterá os postos de saúde do interior do município fechados temporariamente. De acordo com a secretária-adjunta de saúde, Alana Patricio Stols Cruzeta, foi constatado que a demanda é baixa nestes locais.

“Fizemos uma avaliação e percebemos que não havia grande demanda nas unidades do interior, então houve a necessidade do fechamento, que, a princípio, será temporário. Vamos estudar de que forma isso impactará nas unidades do interior. A única que permanecerá aberta é a do São Gerônimo”, afirmou.

De acordo com a secretária de Saúde, Luana Debiasi, atualmente há cinco médicos atendendo, tendo em vista que dois pediram demissão para fazer residência e uma está de licença maternidade. Para resolver este problema, um concurso público será realizado no dia 30 de abril, com divulgação do resultado em 16 de maio.

“Oito Unidades de Saúde da Família funcionam normalmente, com exceção dessas três, que não possuem atendimento médico. Elas ficam localizadas no distrito de Pindotiba, no bairro Barro Vermelho e no Centro. Mas falta atendimento médico apenas. Atendimento de enfermagem, dentista e agentes comunitárias permanecem”, completou Alana.

Com isso, tanto os pacientes dessas Unidades de Saúde quanto os das Unidades de Saúde do interior serão encaminhados para as respectivas unidades de referência. “Foi dividida a quantidade de pacientes para determinadas unidades, até porque elas já possuem o número delas, mas não está se deixando de realizar o atendimento”, destacou.

Já a enfermeira-chefe da Fundação Hospitalar Santa Otília – FHSO, Cristiane Vavassori, explica que o pronto-socorro é credenciado com rede de urgência e emergência. “Todo paciente que dá entrada em nosso pronto-socorro é atendido”, garantiu ela, que aproveitou para esclarecer que a demora se dá devido à grande procura por parte da população. “Mês que vem iremos voltar com a classificação de risco e os pacientes irão receber as pulseirinhas novamente”, acrescentou.

Notícias Relacionadas

Campanha “Compre de Orleans” será lançada neste sábado na Praça Celso Ramos

Programação da Semana Mundial do Meio Ambiente convida à reflexão, em Orleans

Iniciam trabalhos de recuperação da rua que dá acesso a Pindotiba, em Orleans

I Feira do Livro é oficialmente aberta em Orleans