Poder Legislativo

Vereadores de Urussanga votam hoje instalação de “CPI” que pode cassar prefeito

Para ser instalada, a Comissão Processante precisa de 2/3 dos votos dos vereadores, ou seja, seis votos.

Divulgação

A Câmara de Vereadores de Urussanga vai votar na sessão desta terça-feira a abertura ou não de uma Comissão Processante para analisar o relatório da Polícia Federal que indiciou o prefeito Luis Gustavo Cancelier, do PP, por crimes de peculato, falsificação de documentos e organização criminosa.

A decisão foi tomada pela mesa diretora da Casa, formada pelo presidente, Odivaldo Bonetti, do PP, Rozemar Sebastião, do PDT, Elson Ramos , do MDB e Thiago Mutini, do PP.

O presidente da Casa defendia o envio do documento recebido na última semana e que solicitava a abertura de uma Comissão Processante, para a assessoria jurídica mas, os demais avaliaram que a votação deveria acontecer na sessão desta terça-feira e por fim a decisão saiu por consenso.

Para ser instalada, a Comissão Processante precisa de 2/3 dos votos dos vereadores, ou seja, seis votos. A duração é de 90 dias com produção de um relatório acerca dos fatos e então a decisão sobre indicar ou não a cassação do prefeito.

Com informações do site ND Mais

Notícias Relacionadas

TRF4 manda afastar do cargo prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, preso na Operação Chabu

Determinação é que fique 30 dias fora das funções e não faça contato com demais suspeitos de envolvimento na operação. PF investiga a violação de sigilo de operações policiais

Desconto nos salários: prefeito, vice e secretários de Braço do Norte cumprem doação de 20%

Ao todo foram depositados R$ 6.594,30 na conta do Fundo da Secretaria Municipal de Saúde e R$ 6.594,30 na conta do Fundo Municipal de Assistência Social, totalizando R$ 13.188,60.

Garis participam de café comemorativo com prefeito em celebração ao dia da profissão

O prefeito Valdir aproveitou a oportunidade para agradecer aos colaboradores

Legislativo aprova parceria entre ACIVA e Prefeitura para instalação de câmeras de monitoramento em Araranguá

Projeto aprovado por unanimidade no legislativo prevê a instalação de dez câmeras de monitoramento em Araranguá