Geral

Voos de drones, para captar informações geográficas de Lauro Müller, começam na próxima semana

Trabalho de coleta de informações é parte do Projeto de Gestão Territorial desenvolvido pela Unesc para o município.

Divulgação

Entre quarta ou quinta-feira da próxima semana estão agendados os primeiros voos de drones para captação de dados e imagens para compor o relatório do Projeto de Gestão Territorial, que está sendo produzido em Lauro Müller. O projeto é conduzido pela Universidade do Extremo Sul Catarinense – Unesc, através do Centro de Engenharia e Geoprocessamento (Cegeo). A movimentação dos equipamentos vai cobrir o céu em 21 pontos do município, tanto nos aglomerados urbanos quando na área rural.

Segundo o engenheiro de agrimensura e mestre em Ciências Ambientais do Cegeo, Jori Ramos Pereira, os voos não vão alterar o cotidiano dos bairros e comunidades de Lauro Müller. “Porém, pedimos que as pessoas não interfiram nas marcações que vamos fazer no solo. Essas marcações são fundamentais para coordenarmos nossos dados após a coleta”, afirma Pereira. As marcações que serão feitas são formadas por duas linhas cruzadas, em formato de “Xis”, com um metro de linear, feitas de cal, tinta ou faixas refletivas. “Essa será a única alteração que faremos nos bairros”, afirma.

Os voos dos drones serão feitos em alturas que variam entre 130 a 150 metros, distância do solo que não interfere no cotidiano dos aglomerados urbanos e áreas rurais. Todo o trabalho vai durar em torno de trinta dias, em condições de tempo ideais para o uso dos aparelhos. De acordo com Pereira, o uso de drones domésticos – por moradores ou turistas que registram a cidade – tem pouca probabilidade de interferir (ou mesmo colidir) com o equipamento em uso.

Divulgação

Os trabalhos vão cobrir cerca de 1.700 hectares de Lauro Müller, em áreas de aglomerado urbano e, também, espaço rurais, sendo 12 pontos em áreas com aglomerado urbano adensado e cinco áreas com povoamento com menor densidade. As equipes do Cegeo/Unesc vão coletar imagens e dados no Barreiro, Centro do Guatá, Cohab (Guatá), Guatá de Baixo, Rio Bonito, Barro Branco, Mina Nova, Itanema, KM 01, Fazenda, Santa Bárbara, Cairú, Centro, Bela Vista, Arizona, Sumaré e Içarense. Amaral Rádio, Amaral 1º, Morro da Palha e KM 107, que têm projeto de expansão territorial, também receberão voos para coleta de dados que posteriormente serão apresentados ao Conselho das cidades

O Projeto de Gestão Territorial começou a ser debatido em 2017, vindo a realizar atualizações e serviços para a ampliação do perímetro urbano, zoneamento de áreas do município, estudo socioambiental, atualização do Plano Diretor, além do código tributário, de Obras e Postura do município.

Divulgação

Notícias Relacionadas

Shows com Vigário Jack, Candieiro e Concurso de Terno de Reis marcam encerramento do Encantos de Natal em Lauro Müller

A abertura da programação aconteceu no dia 4 de dezembro, quando um grande desfile de Natal levou milhares de pessoas para a região central da cidade.

Van capota e deixa criança gravemente ferida em Lauro Müller

Segundo informações extra-oficiais, a vítima que estava com os pais, foi arremessada para fora do veículo.

Joãozinho da Farmácia atende em novo endereço em Lauro Müller

Farmácia Nossa Senhora Aparecida muda de endereço, mas mantem tradição de 34 anos atendendo agora em frente a Praça Henrique Lage, ao lado da cabeceira da ponte, na entrada da cidade.

Mascotes da Festa do Agricultor de Lauro Müller fazem visitas a bairros e divulgam evento

Encontro com moradores acontece uma semana antes do início do evento e pessoas interagem com personagens, conhecendo atrações e programação da festa.