Geral

Área para usina termossolar está em estudo, em Laguna

Foto: Divulgação

O prefeito de Laguna Mauro Candemil se reuniu ontem com o chefe de Gabinete da Eletrosul, Aurélio Castro Remor, e o gerente da Assessoria de Relações Institucionais da Presidência, Mucio Althoff de Medeiros, para definir a melhor área para instalação de uma usina termossolar, em Laguna.

A cidade foi escolhida para receber a primeira usina termossolar do Brasil, através de recursos do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel. Através da Eletrosul, responsável por realizar o projeto e a chamada pública, uma empresa (a CSP Brasil) foi contratada para a execução deste projeto inovador.

No primeiro encontro, realizado em novembro, cogitou-se uma área do porto pesqueiro para a instalação da usina. Porém, será analisada também uma área pública no Laguna Internacional, devido à forte insolação da região. “A área precisa ter boa insolação durante o dia todo para que seja aproveitado o máximo do sol que incide”, explica Mucio.

A secretaria de Planejamento realizará uma visita técnica ao terreno no Laguna Internacional, que pertence à prefeitura, para avaliar a viabilidade de utilizar esta área.

“Nosso objetivo é usar parte dessa energia gerada para abastecer a ponte de Laguna. Assim, resolvemos essa questão sobre quem paga a conta de luz da ponte”, explica Candemil.

A usina ocupará uma área de aproximadamente 1,5 hectare. O investimento será em torno de R$ 15 milhões, recursos já destinados através do P&D Aneel.

O que é uma usina termossolar?

Termossolar é uma termoelétrica que utiliza a radiação solar para produzir eletricidade, diferente do sistema fotovoltaico tradicional.

Nesse tipo de sistema, em um primeiro momento se obtém energia solar térmica e só depois se utiliza esta energia para produzir eletricidade através de uma turbina ou motor.

A tecnologia utilizada na Termossolar, em Laguna, será através de cilindro parabólico.

É uma energia totalmente limpa e renovável.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Estacionamento e obra parada são alvos de protesto em Laguna

Três anos depois de inaugurada, Ponte Anita Garibaldi continua “sem dono”

Liminar determina atualização de valores repassados a hospital filantrópico de Laguna

Recursos provenientes de convênios firmados com o Município de Laguna e o Estado de Santa Catarina estão sem atualização monetária, enquanto déficit do Hospital de Caridade aumenta.

Usina é vista como solução para iluminação da Ponte Anita Garibaldi, em Laguna