Geral

Casan anuncia início da cobrança do serviço de esgoto em Braço do Norte

A companhia esclarece que mesmo optando por não ligar-se ao serviço público de esgotamento sanitário o morador receberá seu faturamento.

Foto: Divulgação/Casan

A Casan divulgou na tarde desta terça-feira (24) que iniciará em maio a cobrança dos serviços de esgotamento sanitário da população de Braço do Norte. O serviço fará parte da conta de maio e deve ser pago em junho.

A Companhia esclarece que mesmo optando por não ligar-se ao serviço público de esgotamento sanitário o morador receberá seu faturamento. De acordo com a Lei 11.445, a Lei do Saneamento, toda construção beneficiada com o serviço público de abastecimento de água e/ou esgoto sanitário deverá obrigatoriamente interligar-se à rede. O serviço equivalente a 100% da fatura de água.

A CASAN tem orientado os moradores para que providenciem a conexão de sua residência ao sistema público de esgotamento sanitário. O fluxo interno de esgoto deve ser direcionado para a Caixa de Inspeção (CI), que foi implantada na frente do imóvel (veja ilustrações ao fim da matéria).

A partir dessa ligação é recomendável desativar e enterrar fossa e sumidouro, para evitar formação e acúmulo de gases.

A Caixa de Inspeção é o ponto que marca até onde a CASAN terá responsabilidade sobre o sistema. Na parte interna, cabe ao morador providenciar as adaptações para que possa ser atendido com o sistema público de coleta e tratamento de esgoto. Os custos de mão de obra e com materiais hidráulicos usados internamente também são responsabilidade do morador.

O Sistema de Esgotamento Sanitário de Braço do Norte foi implantado com investimento de R$ 23,5 milhões, financiado junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). As obras beneficiam mais de 10 mil moradores da região Central, com cobertura de 40% da população urbana do município.

Os recursos integram o Plano de Investimentos da CASAN, que prevê 1,6 bilhão somente para esgotamento sanitário. Atualmente há obras de esgotamento sanitário em execução em mais de 30 cidades. A meta é levar Santa Catarina a um dos primeiros lugares do ranking de saneamento em 2018-2019.

Colaboração: Assessoria de Imprensa da Casan

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Clínicas e laboratórios particulares de Braço do Norte terão que informar a Prefeitura sobre exames para Covid-19 realizados

O Decreto 026/2020, assinado pelo prefeito, Beto Kuerten Marcelino, na noite deste domingo (12), visa garantir a transparência sobre os dados da doença no Município.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Interessados em oferecer serviços de transportes com plataformas digitais têm 30 dias para se regularizar em Braço do Norte

Após 30 dias, aqueles que estiverem exercendo o transporte remunerado de passageiros e não estiverem regularizados estarão sujeitos às medidas estabelecidas na Lei Complementar 487/2019.