Geral

Mar invade ruas após forte ressaca em Laguna

No último sábado, a maré alta provocada por um ciclone extratropical ultrapassou as faixas de área e danificou galpões e residências da Praia de Itapirubá, em Imbituba e Farol de Santa Marta, em Laguna.

Divulgação

Como previsto pelos meteorologistas e Defesa Civil, a maré subiu e a ressaca atingiu as praias de Laguna, no litoral Sul de Santa Catarina, na tarde desta quarta-feira (8). A maré alta ultrapassou as faixas de área e chegou na avenida. No último sábado, o fenômeno climático ocorreu na Praia do Farol, também na Cidade Juliana e Imbituba.

O fenômeno foi provocado principalmente pelo vento forte e persistente do quadrante sul que empilha água na costa, e pela influência da lua cheia (maré de sizígia). O mar ficou agitado devido à passagem de um ciclone extratropical pelo litoral da Argentina e Uruguai, causando ondas de Sudeste/Sul e picos de 3 a 4,5 metros.

Em suas publicações a Epagri/Ciram recomendou especial atenção para os horários e locais próximos a desembocaduras de rios, Rodovia Diomício Freitas, Centro de Eventos – CentroSul, avenida da Saudade, praias do Sul da Ilha de Santa Catarina, Avenida Atlântica de Balneário Camboriú, Barra Velha, Araranguá, Laguna, Itajaí, Joinville, entre outros.

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Estado garantirá tratamento anual de R$ 2,7 milhões a criança de Laguna com AME, decide TJ

De acordo com os autos, a perícia médica comprovou que a criança, natural de Laguna, precisa do remédio e que inexiste, na rede pública de saúde, tratamento para a doença.

Em Laguna, governador autoriza emissário terrestre para a praia do Mar Grosso e libera recursos para hospital

A projeção da Casan é que o empreendimento fique pronto em janeiro de 2020. O emissário é uma rede de 2.718 metros de extensão e diâmetro de 315 milímetros, com tubos de polietileno.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Tribunal de Justiça confirma que município de Laguna deve fechar acessos de carros à Praia do Cardozo

Na sentença, foi determinado ainda que a prefeitura promova a instalação de placas de advertência no local e fiscalize a área, sob pena de multa diária no valor de R$ 500. A decisão busca preservar o meio ambiente e proteger os banhistas.