Política

Recursos para macrodrenagem são solicitados para Braço do Norte

O prefeito também solicitou recursos, na ordem de aproximadamente R$ 12 milhões, para a implantação do projeto.

Foto: Divulgação

O prefeito de Braço do Norte e presidente da Amurel, Beto Kuerten Marcelino, embarcou para Brasília na manhã de ontem, terça-feira, 9, onde participa da XXII Marcha dos Prefeitos.

Beto aproveitou a oportunidade e, acompanhado do deputado federal Ricardo Guidi, apresentou o Plano de Macrodrenagem de Braço do Norte para Marco Antonio Lopes Porto, assessor especial do Ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

O prefeito também solicitou recursos, na ordem de aproximadamente R$ 12 milhões, para a implantação do projeto. “O primeiro passo precisava ser dado e isso foi realizado com a confecção do projeto, o qual agradeço o empenho da Fundação Municipal de Meio Ambiente, Funbama. Hoje Braço do Norte tem um projeto pronto e será apresentado à população o Plano Municipal de Macrodrenagem, mas para dar agilidade, e sabendo da complexidade do valor do recurso, nossa missão é tentar, é buscar é brigar por isso, e foi o que fizemos na tarde de hoje no Ministério de Desenvolvimento”, completou Beto, que está acompanhado do vereador Mário Jorge Danielski, do secretário adjunto de Infraestrutura, Allan Lopes Prudêncio, e do chefe de gabinete, Ramon Beza.

Colaboração: Comunicação Prefeitura Braço do Norte

Notícias Relacionadas

Baja 2017 ganha forma na Satc

Projeto desenvolvido pela Engenharia Mecânica se prepara para nova disputa.

Convênio de R$ 260 mil entre prefeitura e hospital é celebrado em Braço do Norte

O montante será destinado ao custeio da saúde, equilíbrio da folha de pagamento e recesso de final de ano.

Novo ônibus escolar chega no início de 2018 a Treviso

Prefeito Jaimir Comin confirmou a vinda do veículo em sua viagem a Brasília.

Com projeto em mãos, Braço do Norte busca recursos para construção de ponte

Ponte para passagem de veículos ligará o centro do município com bairro Lado da União. Obra está orçada em R$ 4,3 milhões.