Esporte

Tubaronenses são campeões Copa SC Racing

Pai e filho, Carlos Alberto Volpato e Carlos Alberto Volpato Filho, não deram moleza aos adversários e confirmaram a excelente campanha que realizaram nesta temporada da Copa SC Racing.

Foto: Divulgação

Neste último sábado, 01, a Grande Florianópolis recebeu a decisão da temporada 2018 da Copa SC Racing (4ª etapa). O evento teve concentração e largada na concessionária Trilha SC e contou com um percurso de 184 quilômetros, sendo 95 quilômetros cronometrados. O grid foi composto por pilotos e navegadores de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo e, ainda, contou com a presença de diversas pessoas que, pela primeira vez, tiveram contato com o rali de regularidade. Entre os mais experientes, também chamou a atenção a quantidade de duplas que abrilhantou e acirrou a disputa pelo título.

A Copa SC Racing abre as portas para todos os perfis de off-roaders. É uma escola para quem deseja se aventurar no mundo do fora-de-estrada, por isso, nove categorias estão à disposição: Máster, Graduados, Turismo, Cidade, Pais e Filhos e Novatos 4×4 e, para quem não tem um veículo com tração nas quatro rodas, tem as categorias para os veículos convencionais de rua (4×2): Família, Novatos e Graduados.

Na categoria Novatos 4×4, teve tubaronenses soltando o grito de campeão: pai e filho, respectivamente, Carlos Alberto Volpato e Carlos Alberto Volpato Filho, formaram a melhor dupla da Copa SC Racing 2018. “As etapas do campeonato foram todas bem levantadas e desenhadas, com uma decisão de título bem longa, exigindo ter bastante concentração para não errar. Eu e o Betinho queríamos demais essa taça e Graças a Deus conquistamos. Subir no primeiro lugar do pódio não tem preço. Que venha 2019”, comemorou o piloto.

Foto: Divulgação

No resultado da etapa, os representantes de Tubarão também conquistaram a vitória, fechando 2018 em alta performance.

Sobre a quarta e última etapa

Choveu na sexta-feira que antecedeu a competição, o que deu aquele “toque especial” ao rali: poças de águas, lama e trechos lisos elevaram a adrenalina dos competidores, sobretudo, nas áreas onde havia os laços e pegadinhas. Nas curvas, os pilotos precisaram ter muita técnica e controle do carro, pois o pneu patinava bastante.

“Tivemos percurso em linha, que privilegiou quatro pistas utilizadas para a prática do Velocross e Motocross, exigindo 100% de concentração e habilidade dos competidores. Na parte final do trajeto, um pequeno trial com estradas bem apertadas em um reflorestamento de eucalipto. Foi um rali bem ‘temperado’, com os ingredientes que pilotos e navegadores adoram”, contou o diretor de prova, Alexandre Rech.

A SC Racing encerra mais um ano de competições e agradece a confiança dos patrocinadores e competidores que tornaram possível mais um ano de trabalho. O lema é: proporcionar etapas de alto nível técnico (sempre inovando) e entregar diversão aos off-roaders.

Colaboração: Isis Moretti – Jornalista

Notícias Relacionadas

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Suspeito de furto sobrevive ao cair de telhado de empresa em Tubarão

Vítima foi encontrada pelo proprietário da empresa. Segundo informações, indivíduo estava com hálito alcoólico.

Criminoso é preso embriagado após furar blitz policial em Gravatal

O jovem de 23 anos e outros dois homens estavam no carro. Ambos, possuem dezenas de passagens policiais, inclusive por furto e roubo.

Bombeiros comemoram três anos sem mortes por afogamento durante Operação Veraneio

Em contrapartida, casos de queimaduras com águas-vivas passaram dos 15 mil nas praias de Garopaba, Imbituba, Jaguaruna e Laguna durante toda a Operação Veraneio.