Litoral

Água de “fonte milagrosa” em Angelina é considerada imprópria para consumo

Vigilância Sanitária colocou uma placa de alerta na Gruta de Nossa Senhora de Lourdes

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

A fonte que fica na Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, em Angelina, na Grande Florianópolis, que é considerada sagrada pelos fiéis católicos, recebeu uma placa de advertência pela Vigilância Sanitária de Santa Catarina nesta terça-feira (23). A água proveniente da fonte foi considerada imprópria para consumo por técnicos do órgão.

A medida que deixou a população da cidade, de 6 mil habitantes, insatisfeita. De acordo com reportagem da NSC TV, os moradores ficaram contrariados também com outra ação da Vigilância Sanitária: outra fonte natural, que é usada há anos por eles, foi lacrada porque a água também está imprópria.

A Gruta de Nossa Senhora de Lourdes é uma das fontes do turismo da região conhecida como Vale das Graças. Há décadas os romeiros que visitam o local têm o costume de encher galões com a água que passa perto da imagem católica. A crença é que o líquido que escorre pelas pedras da gruta tenha poderes milagrosos.

O relatório da Vigilância mostrou a presença da bactéria Escherichia coli. Mas um dos moradores da área, disse que sempre tomou a água, nunca sentiu nada e a prefere porque não gosta da água distribuída pela Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan).

O prefeito de Angelina não estava na cidade nesta quarta-feira, de acordo com a NSC TV. A fiscal da Vigilância Sanitária municipal disse que a prefeitura só vai se manifestar na sexta-feira (26). Já a Casan, por nota, informa que atende 100% da área urbana de Angelina, mas que a gruta com a água imprópria não faz parte do sistema de abastecimento.

Com informações do site G1/SC

Notícias Relacionadas

ALERTA: Período de seca pode comprometer consumo de água em Lauro Müller

A represa localizada em Rio Bonito, a qual abastece os setores de abrangência da companhia em Lauro Müller, está quase seca.

Defesa Civil mantem alerta para riscos de alagamentos e deslizamentos

Residências de Imbituba registraram problemas. A principal recomendação de precaução é para que as pessoas evitem contato com a água em locais inundados.

Rajadas de vento de até 70 km/h atingem litoral; previsão é de queda na temperatura

O mar também fica agitado com altura de onda de 2 a 2,5 metros próximo à costa.

Casan oferece serviços complementares em obras de saneamento básico em Lauro Mülller

A empresa está ampliando a rede de esgoto no município além do que foi acordado em contrato