Política

Carlos Moisés manda ofícios para poderes devolverem sobras orçamentárias ao Governo de SC

Governador alega que os mais de R$ 180 milhões auxiliarão a fechar as contas do estado. Medida foi tomada após Alesc derrubar projeto para reduzir duodécimo.

Divulgação

O governador Carlos Moisés (PSL) enviou ofícios ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e Assembleia Legislativa (Alesc) pedindo a devolução de mais de R$ 180 milhões. O valor equivaleria a sobras orçamentárias dos poderes, que seriam usadas para auxiliar a abater o déficit financeiro do estado.

Alesc, TCE, TJSC e o MPSC confirmaram que receberam o ofício, e que o pedido está sendo analisado pelas áreas técnicas.

A solicitação vem após uma derrota do governo na Alesc, que tentou aprovar um projeto de lei que previa a redução do duodécimo – repasse do estado aos poderes. Atualmente, eles recebem 21,88% da receita líquida estadual e o governo queria a redução para 19,69%.

De acordo com o governo, mesmo com melhora na economia, o déficit financeiro estimado de 2019 é de mais de R$ 2 bilhões.

Ofícios

Foram quatro ofícios enviados aos representantes dos órgãos, todos mais ou menos com o mesmo texto e com os valores de sobras identificados. A devolução do dinheiro já ocorre, mas é variável de acordo com a disponibilidade do órgão.

Para o TCE, o governo solicita R$ 42 milhões do superávit de 2018 e R$ 2 milhões de anos anteriores. No caso do TJSC, o governo verificou sobra de R$ 78 milhões do ano passado, mais R$ 988 mil de outros exercícios.

Do MPSC, o governo quer de volta R$ 33 milhões de sobra do ano passado e mais R$ 9 milhões de anos anteriores. Já da Alesc, R$ 23 milhões das sobras de 2018 R$ 436 mil de outros anos.

A Udesc ficou de fora do pedido de Moisés, porque os recursos da universidade já ficam mesmo no caixa do Estado.

Com informações do G1 SC

Notícias Relacionadas

Quatro adolescentes criam startup para fiscalizar os poderes de Criciúma

O objetivo dos jovens é reunir informações dos poderes Legislativo e Executivo do município de Criciúma em uma plataforma mais acessível.

TRF4 manda afastar do cargo prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, preso na Operação Chabu

Determinação é que fique 30 dias fora das funções e não faça contato com demais suspeitos de envolvimento na operação. PF investiga a violação de sigilo de operações policiais

Governo de SC decide manter agrotóxicos isentos de ICMS até 31 de dezembro

Após essa data, passa a valer tributação relativa ao grau de toxidade, ou seja, produtos com mais tóxicos pagam mais. Governador se reuniu na tarde desta quinta-feira (22) com representantes do setor agrícola.

Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais

De acordo com o documento, a medida tem por objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.