Política

Eleições 2020: PP estuda possíveis coligações para lançar candidatos ao Executivo de Orleans

O presidente do partido, Silvério Baggio, conversou com a Redação do Sul In Foco e destacou uma possível parceria com o PSD

Divulgação

O ano de 2020 será marcado por mais uma eleição municipal no Brasil. Para saber os preparativos dos partidos para a disputa ao Executivo e Legislativo, O Sul In Foco conversou com os presidentes de cada grupo, primeiramente no município de Orleans. Na terceira matéria dessa série de reportagens, o Partido Progressista demonstrou suas ideias por meio do presidente Silvério Baggio.

O PP já estuda os nomes que representarão o partido nas eleições deste ano. Para a disputa do Executivo, o presidente Silvério Baggio tem o seu nome como o favorito do partido, mas outras pessoas também estão disponíveis para concorrer pelo partido.

“Temos vários nomes no partido, entre eles o meu. Tem mais pessoas que também estão disponíveis a concorrer. Hoje se fala também no Airton Coan Bratti, o Celso Volpato Junior, o Élio Feltrin, o Fernando Crocetta, a Ângela Fenilli, esposa do ex-prefeito Valmir Bratti. São esses nomes que estão disponíveis caso eu não queira ir. Hoje o partido é unânime em decidir pelo meu nome”, detalha o presidente.

Silvério explica que seu nome ainda não está confirmado para disputar o Executivo, porque está analisando como dedicaria tempo a sua empresa e a administração pública. “Eu tenho desejo de trabalhar. Vai ser um ano difícil. Eu tenho a empresa para cuidar, então as dificuldades são grandes em deixar a empresa e poder focar na política”, ressalta.

Para o nome do vice-prefeito o partido ainda analisa possíveis coligações que poderiam indicar um nome para o Executivo. “Há uma possível coligação com o PSD. Estamos trabalhando e conversando com o PSL também e temos algumas conversas com o pessoal do Partido Trabalhista, que também nos apoia. Há conversação com o pessoal do Democratas também. Temos pessoas que estão se vinculando, como o Ulisses Gabriel e o Gim Librelato, que são os nomes que o PSD está colocando para fazer uma possível coligação com a gente. Mas se não der para fazer essa coligação, também podemos fazer uma chapa pura”, comenta Silvério.

O ex-prefeito Valmir Bratti não irá concorrer a nenhuma vaga no Executivo e nem no Legislativo, segundo o presidente. “O partido perguntou ao Valmir Bratti se ele queria ser candidato, mas ele só vai participar com projetos, com experiência e vai nos ajudar, andar com a gente e pedir votos. Isso que ele nos prometeu e disse que já foi várias vezes candidato e que agora vai deixar para pessoas mais jovens e que nunca foram candidatos”, diz Silvério.

Para a eleição de vereadores, o PP pretende colocar entre 10 a 12 nomes para disputar os cargos na Câmara. O partido contará com novos nomes, como o de Daniela Claudino, do Loteamento João Paulo II, Lurdes Sprícigo e Airton Coan Bratti, que ainda negocia com o PP. Silvério Baggio também destacou os nomes de Osvaldo Cruzetta (Vá), de Lucas Mattos, Cristian Berger (Kiki) e de Ângela Finilli, como candidatos à vereadores. “Temos mais nomes despontando que ainda estamos trabalhando e conversando no interior e na comunidade da Pindotiba, para realmente ter uma nominata forte para essa eleição”, ressalta o presidente.

Silvério ainda falou das bandeiras que o partido vai defender durante a campanha eleitoral. “A saúde é uma bandeira que a gente pensa muito. Um segundo ponto é a infraestrutura para a cidade, com implantação de áreas para a indústria. Queremos fazer uma parceria, dar um consignado, não o terreno. Fazer a infraestrutura para a indústria, até mesmo para o comércio, e dar essa condição, mas não doar o terreno. Para que possam trabalhar 20 ou 30 anos e, depois que a empresa estiver indo bem e quiser permanecer no local, deve ter o direito de compra conforme o valor de mercado da época. Pretendemos fazer um trabalho muito legal na área da educação na parte de creches. Na agricultura não só fazer as estradas, mas dar uma condição, um treinamento e criar oportunidades para que o agricultor realmente permaneça no campo”, destaca.

O partido deve determinar sua nominata até o mês de abril.

Veja mais:

Sul In Foco lança série de reportagens sobre Eleições Municipais 2020 

Eleições 2020: Dr. Jorge Koch é confirmado como pré-candidato à reeleição em Orleans pelo MDB

Eleições 2020: “Acredito que a vez agora é do PSDB”, afirma presidente do partido sobre disputa pelo Executivo

Notícias Relacionadas

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Comodidade e economia: empresa de Orleans oferece serviço “delivery” no comércio de baterias

Há 46 anos, VR Baterias atende toda linha automotiva, agrícola e de transporte de cargas com economia de até 30% na compra de baterias Helux, marca própria.

Índices de crimes caem bruscamente em Orleans

Segundo dados divulgados pela Polícia Civil, houve redução de 300% dos crimes de roubo e quase 30% do número de furtos.