Política

Eleições 2020: “Acredito que a vez agora é do PSDB”, afirma presidente do partido sobre disputa pelo Executivo

O presidente do partido, Lucas Canever Librelato, conversou com a Redação do Sul In Foco e falou dos objetivos do PSDB

Letícia de Oliveira/Sul In Foco

No dia 4 de outubro deste ano ocorrem as eleições municipais para eleger prefeito, vice-prefeito e vereadores de cada cidade do país. Os partidos de Orleans já estão se preparando para a disputa e o Sul In Foco conversou com cada presidente para saber as novidades. Na segunda matéria desta série de reportagem, o presidente do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Lucas Canever Librelato falou dos objetivos do partido.

Apoio do atual governo, o PSDB tem eleito o vice-prefeito Mário Coan. Para as eleições de 2020 o partido pretende continuar com a coligação com o MDB, mas espera lançar o nome do candidato a prefeito. O presidente do partido falou sobre o assunto.

“O PSDB se preparou ao longo desses quatro anos e temos uma parceria e uma coligação que vem dado certo junto ao MDB. Acredito que o caminho tanto do MDB quanto do PSDB é continuar essa parceria. Eu acredito que a vez agora é do PSDB, desde que o partido tenha um candidato que reúna as qualidades e as condicionantes para ter um candidato a prefeito. O PSDB tem um grande time e bons candidatos e acredito que o partido tem todas as condicionantes para estar na majoritária buscando uma cabeça de chave”, comentou Lucas.

Sobre os nomes disponíveis para a disputa do Executivo, Lucas ressaltou que seu nome está à disposição do partido para ser candidato a prefeito em Orleans. “Eu me coloco à disposição do partido para ser um pré-candidato a prefeito. É óbvio que podem haver outros candidatos, não vejo nada de errado nisso. Quem tem disposição e se acha credenciado e preparado tem que colocar o seu nome à disposição. O meu nome já, há um ano, falei que está à disposição”, conta o presidente.

Como o MDB pretende tentar a reeleição com Jorge Koch, Lucas comenta que os partidos precisam conversar e escolher os melhores candidatos. “Quem se sente preparado tem que sempre buscar os seus objetivos. O PSDB está preparado, tem os candidatos, eu sou um deles. No PMDB o Jorge está fazendo uma boa administração e isso automaticamente lhe credencia para ser um candidato para a reeleição. Acredito que as duas executivas têm que sentar e conversar e ver aquilo que é melhor para o município. Eu sempre falo que não podemos pensar o que é melhor para os nossos partidos. Não é uma busca para se perpetuar no poder, mas é para buscar que continue uma administração eficaz para o município. O caminho natural é o PSDB e o MDB estarem juntos. Mas quem vai na cabeça e quem vai de vice é uma questão que a gente tem que conversar. Não vamos fazer disso uma guerra para que o município não perca”, ressalta.

Para a disputa do Legislativo, o presidente destaca que o partido está em busca dos candidatos a vereador e que ainda não há nenhum nome confirmado. “Quando começa a buscar candidatos a vereador se lista vários nomes, mas até que eles virem uma candidatura tem uma lacuna muito grande. Há muitas pessoas com medo, falta de coragem por achar que não é possível se eleger. Então é difícil falar em nomes. O PSDB tem uma lista de oito a dez nomes de possíveis candidatos a vereador e temos três vereadores eleitos, eu, a Mirele Debiasi e o Hildegart Durigon. Eu não tenho vontade de disputar a reeleição a vereador, mas vou buscar meu espaço na majoritária. Os outros vereadores acredito que vão buscar uma reeleição”, detalha.

O presidente ainda contou os ideais que o partido busca para o município. “O que o PSDB levanta é sempre ter uma gestão efetiva, aonde se busca enxugar a máquina pública e busca utilizar com muita prudência os recursos públicos. Assim você consegue ter as sobras para poder investir em infraestrutura. Tem que ter saúde e educação que são princípios básicos, com percentuais constitucionais que você tem que atender e nesses três anos utilizamos na saúde quase 10% a mais do que o exigido por lei. Então você conseguindo enxugar e fazendo uma gestão com recursos bem aplicados, sem desperdício, tentando economizar ao máximo, vai sobrar para a infraestrutura”, diz Lucas.

Veja mais:

Sul In Foco lança série de reportagens sobre Eleições Municipais 2020 

Eleições 2020: Dr. Jorge Koch é confirmado como pré-candidato à reeleição em Orleans pelo MDB 

Notícias Relacionadas

Eleições 2020: Com possibilidade de chapa pura, PDT quer oferecer opção ao eleitor de Lauro Müller

O presidente do partido, Manoel Jades Izidoro, falou com exclusividade sobre os preparativos para as eleições municipais.

Eleições 2020: PP estuda possíveis coligações para lançar candidatos ao Executivo de Orleans

O presidente do partido, Silvério Baggio, conversou com a Redação do Sul In Foco e destacou uma possível parceria com o PSD

Baja 2017 ganha forma na Satc

Projeto desenvolvido pela Engenharia Mecânica se prepara para nova disputa.

Eleições 2020: Dr. Jorge Koch é confirmado como pré-candidato à reeleição em Orleans pelo MDB

A redação do Sul In Foco conversou com o presidente do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Luiz Cristóvão Crocetta, para saber os possíveis candidatos do partido e os preparativos até outubro.