Geral

Recuperação da SC-108 é prioridade para Santa Rosa de Lima e Anitápolis

Os municípios terão que entrar em acordo para estabelecer prioridades dos consórcios.

Divulgação

A recuperação da SC-108, entre Santa Rosa de Lima e Anitápolis, especialmente no trecho de 23 quilômetros não pavimentado, foi assunto da audiência entre lideranças da região e parlamentares na Secretaria da Infraestrutura, que ocorreu ontem (25). As condições de tráfego são precárias e o trajeto muito sinuoso, com parte da estrada beirando barrancos acentuados. O projeto de pavimentação já existente tem custo elevado, mas o deputado Volnei Weber propôs uma alternativa com convênios diretos do Estado com os municípios para reduzir gastos. “É uma solução viável, para que possamos esperar que esse projeto venha a se consolidar”, diz o parlamentar.

O secretário Carlos Hassler acena apenas com a manutenção básica a partir da distribuição de recursos para consórcios de municípios que devem começar no próximo mês, com o governo prevendo uma dotação de R$ 70 milhões até o final do ano para todas as rodovias estaduais. A prioridade são as roçadas e a recuperação de valas de drenagem, além de tapa-buracos e nivelamento de pistas. Os municípios terão que entrar em acordo para estabelecer prioridades dos consórcios.

O trecho da SC-108 tem orçamento de mais de R$ 70 milhões, mas Volnei Weber aposta que o custo pode cair para menos da metade se o trajeto atual for respeitado, sem muitas mudanças, e com a execução conveniada entre a secretaria e os municípios. “Estou convidando o secretário para ver como isso foi possível de se executar no município de São Ludgero, onde começamos a levar asfalto para o interior com custo três a quatro vezes menor que o normal”, diz o deputado.

A audiência também contou com as presenças dos deputados Nazareno Martino (PSB) e João Amin (PP), do prefeito de Santa Rosa de Lima Salesio Wiemes, do prefeito de Urussanga Luís Gustavo Cancellier, do prefeito de Siderópolis Hélio Roberto Cesa, do prefeito de Anitápolis Laudir Pedro Coelho e o vice, Rogério Hasse e o vice-prefeito de Rio Fortuna Neri Vandresen.

Colaboração: Comunicação/Pedro Schimitt

Notícias Relacionadas

Colisão frontal deixa dois em estado grave na SC-108, entre Orleans e Urussanga

Um dos motoristas ficou preso às ferragens e teve o carro cortado para ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros.

Homem fica preso nas ferragens após acidente com dois veículos na SC-108, em Criciúma

A colisão ocorreu entre dois veículos no Bairro São Simão por volta das 15h20 desta quarta-feira (11)

Caminhão desgovernado invade autoelétrica e capota na SC-390, em Orleans; Veja vídeo

Dois morrem após colisão frontal entre motocicletas na SC-108, em Orleans

Mikael Fraga Claudino, de 22 anos, e Nelson da Silva, de 40 anos, pilotavam as motocicletas e não resistiram aos ferimentos.