Poderes Municipais

Vereadores aprovam projeto que estabelece multas para obras irregulares em Orleans

Foto: Ketully Beltrame / Sul in Foco

Os vereadores de Orleans aprovaram, por oito votos a dois, o Projeto de Lei do Executivo – PE nº 11/2018, de 2 de abril de 2018, que estabelece normas para regularização das obras construídas em desacordo com o Plano Diretor e dá outras providências.

A primeira votação se deu na sessão ordinária desta segunda-feira (16). Conforme o parecer foi submetido à apreciação de todos os vereadores, tendo em vista que o Projeto de Lei gerou muitas discussões. Além disso, diversas reuniões foram realizadas, inclusive com o Conselho da Cidade e com o prefeito de Orleans, Jorge Koch.

De acordo com o PE, as obras iniciadas ou concluídas até 31 de dezembro 2016, que se encontram em desacordo com o Plano Diretor do Município, Código de Obras ou outra lei municipal, poderão ser regularizadas desde que as irregularidades da obra não comprometam a segurança, o sossego e a saúde do proprietário ou da vizinhança. As obras iniciadas após esta data, e que estejam com qualquer irregularidade, não estarão amparada por esta lei.

Ainda segundo o Projeto de Lei, os recuos frontais e os demais afastamentos em desacordo serão tolerados, considerando a localização do imóvel, a importância da rua no sistema viário local e municipal, ruas que tiveram alargamento viário, tempo de construção e a situação de consolidação da via, a critério do órgão de planejamento com parecer técnico devidamente fundamentado.

A regularização de obra existente implica no automático reconhecimento, exclusivamente para fins cadastrais e tributários do Município. Para tais regularizações, serão cobradas as taxas administrativas legais e também o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza – ISSQN, devidos pela regularização da construção.

E ainda:

  • Construções para fins residenciais de até 70 m², de todos os tipos de construção, ficam isentas da apresentação de projeto arquitetônico, devendo apresentar a Anotação ou Registro de Responsabilidade Técnica (ART/RRT) e demais documentação pertinente;
  • Construções acima de 70 m² deverão apresentar projeto arquitetônico elaborado de acordo com o Código de Obras, Plano Diretor e demais projetos e documentações pertinentes.

Não haverá nenhum tipo de isenção de tributos para regularização dessas obras.

Além das taxas e ISSQN, para efetivação da regularização da obra, o proprietário deverá recolher multa fixa:

– 5 UFMs para construções até 500 m²;
– 10 UFMs para construções até 1 mil m²;
– 20 UFMs para construções até 2 mil m²;
– 30 UFMs para construções até 3 mil m²;
– 50 UFMs para construções acima de 3 mil m²;

E também:

– 5 UFMs por metro quadrado da área excedida à permitida na área de permeabilidade ou taxa de ocupação;
– 30 UFMs por vaga de garagem faltante, apresentando o comprovante de recolhimento no ato do protocolo.

O valor da Unidade Fiscal do Município – UFMs de Orleans é de R$ 86,02, conforme Decreto nº 4.215, de 16 de janeiro de 2018.

Novamente, o Projeto de Lei do Executivo gerou discussão e diversos pontos foram levantados pelos vereadores. Para mais informações, acesse este link.

Confira os pronunciamentos através do vídeo abaixo:

Na Ordem do Dia, foi aprovado também, em segunda votação, por sete votos a três, o Projeto de Lei Complementar nº 4/2018, que altera dispositivos da Lei Complementar nº 2.697, de 21 de março de 2017, que regulamenta a responsabilidade tributária à empresa e cooperativas de serviço público de distribuição de energia elétrica referente à Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública – COSIP.

Foto: Ketully Beltrame / Sul in Foco

Ainda na sessão ordinária, o vice-prefeito de Orleans e secretário de Administração e Finanças, Mário Coan, apresentou o resumo financeiro dos últimos três meses. Confira:

Notícias Relacionadas

Presidentes das ACIs do Extremo Sul se reúnem para Plenária da Facisc, em Orleans

Integrantes do Grupo Escoteiro Encostas da Serra participam da sessão da Câmara de Orleans

Vereadores de Orleans aprovam instituição da Semana Laranja dedicada à prevenção às deficiências

Sessão ordinária em Nova Veneza terá horário alterado nesta terça-feira

Para prestigiar o lançamento da obra póstuma de Tadeu Ronconi Spilere, ex-funcionário da Casa Legislativa, vereadores realizarão a sessão excepcionalmente às 18h30min